terça-feira, 17 de julho de 2007

1º Fase - 6ª Rodada - Corinthians 2 x 2 Grêmio





Corinthians empata com o Grêmio

Corinthians e Grêmio empataram ontem, no Canindé, em 2 a 2, e estão empatados na classificação do Brasileiro com oito pontos.
O time gaúcho abriu o placar logo aos 6min de jogo. Após uma cobrança de escanteio de Aílton, Mauro Galvão pegou a sobra e tocou para Paulo Nunes, que, livre, marcou com facilidade.
Como o Corinthians jogava com três jogadores de marcação e apenas Souza para criar, o time apelava para o individualismo.
Só aos 24min é que a pequena torcida corintiana que foi ao Canindé voltou a gritar a favor de seu time _até então, só reclamava da lentidão de seu clube.
Gilmar cobrou rasteiro e com força uma falta na esquerda, e Danrlei tocou a escanteio.
A partir daí, o Corinthians começou a chegar mais à área gremista, em jogadas individuais.
Carente de finalizadores, o técnico corintiano Valdyr Espinosa substituiu o marcador Marcelinho Souza pelo atacante Jorginho.
A alteração deu resultado aos 39min. Souza recebeu na esquerda, driblou dois adversários e tocou cruzado, na saída de Danrlei.
As jogadas de bola parada da direita marcaram o início do segundo tempo, sem efeito, porém.
Quando o Corinthians vivia seu melhor momento no jogo, quem marcou foi o Grêmio. Saulo completou, de cabeça, uma cobrança de escanteio, aos 15min.
O Corinthians voltou a empatar aos 28min. Célio Silva saiu em velocidade do meio-campo, tocou para André Santos, que fez o centro para Alcindo marcar.
No minuto seguinte Célio Silva e André Santos fizeram pênalti em Goiano, mas Ronaldo defendeu a cobrança de Emerson. (VALMIR STORTI, Folha de São Paulo)

  


O jogo: Corinthians e Grêmio somam agora oito pontos. O jogo foi movimentado. O Corinthians teve que buscar o resultado duas vezes. No final do jogo, Ronaldo defendeu a cobrança de pênalti Emerson. (Folha de São Paulo)

Sob a luz dos refletores na noite paulistana, o Grêmio comprovou a teoria de Adílson. Jogando com ojetividade, envolveu o Corinthians, mas novamente cederam o empate em duas oportunidades. Faltando 14 minutos para o final, o meia Emerson perdeu o pênalti que daria a vitória ao Grêmio. (Arquivo Gremista)

O JOGO: Nem a volta de Célio Silva e Bernardo aliviou o sofrimento da torcida Corintiana. O empate em casa até saiu barato depois do pênalti mal batido por Émerson, a 15 minutos do final. (Placar)



Corinthians 2x2 Grêmio
CORINTHIANS: Ronaldo; André Santos, Célio Silva, Henrique e Silvinho; Bernardo, Gilmar, Marcelinho Paulista (Jorginho) e Souza; Marcelinho Carioca e Alcindo
Técnico: Valdir Espinosa

GRÊMIO: Danrlei; Marco Antônio (Émerson), Mauro Galvão, Adílson e Roger; Dinho (Luciano), Goiano, Aílton e Carlos Miguel; Paulo Nunes e Zé Afonso (Saulo)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

6ªRodada - 1ªFase
Data: 29/agosto/1996
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo
Público: 4.095;
Renda: R$ 40.535,00
Árbitro: Carlos Elias Pimentel (RJ)
Cartões Amarelos: Gilmar, Silvinho e Bernardo (C); Saulo, Paulo Nunes, Carlos Miguel e Mauro Galvão (G)
Gols: Paulo Nunes (G), 6 minutos; Souza (C), 16 minutos (1° tempo); Saulo (G), 15 minutos; Alcindo (C), 28 minutos (2° tempo).

Nenhum comentário: