terça-feira, 17 de julho de 2007

1ª Fase - 12ª Rodada - Grêmio 1 x 0 Portuguesa


Rodada 12 [Setembro 29]
Grêmio 1x0 Portuguesa


Gol no último minuto bate a Portuguesa

Equipe paulista perde Rodrigo, expulso, e cai diante do Grêmio com gol de Rivarola aos 45min da etapa final

free-lance para a Agência Folha, em Porto Alegre
O Grêmio venceu ontem a Portuguesa no estádio Olímpico, em Porto Alegre, com um gol do zagueiro Rivarola no final do jogo.
Esse resultado leva a equipe gaúcha a 19 pontos no Brasileiro e mantém o time paulista com 17.
O Grêmio começou o jogo tomando as iniciativas de ataque com um bom toque de bola. Mas a marcação forte da Portuguesa no meio-campo continha e neutralizava os atacantes adversários.
Utilizando Mauro Galvão como líbero, o Grêmio avançava seus laterais e insistia nas jogadas de linha de fundo. Mas as investidas das duas equipes no ataque não tinham objetividade.
Foram poucos os chutes a gol no primeiro tempo. A melhor presença do Grêmio no meio-campo não garantiu superioridade no jogo.
No segundo tempo, a Portuguesa relaxou a marcação, e o Grêmio melhorou a produção ofensiva.
Aos 6min, Roger entrou na área paulista pela esquerda e chutou rasteiro. Clemer fez boa defesa.
A maior agressividade do Grêmio permitiu também que a Portuguesa tivesse mais espaço para armar os contra-ataques.
Zinho, que no primeiro tempo tinha sido o principal responsável pela forte marcação da Portuguesa, foi o armador mais importante dos contra-ataques da equipe paulista no segundo tempo.
Com a expulsão de Rodrigo, aos 23min, a Portuguesa começou a jogar mais recuada. A pressão do Grêmio resultou no gol de cabeça feito por Rivarola aos 45min. (Folha de São Paulo, LÉO GERCHMANN)




Folha - Por que essa derrota no final do jogo?
Zinho - Nós jogamos bem durante. Conseguimos até nos soltar mais no segundo tempo. Infelizmente houve uma falha tática imperdoável da nossa equipe.
Folha- Qual foi essa falha?
Zinho - Nós conversamos muito sobre a importância de impedir que o adversário faça gols de bola parada. Isso não poderia ter ocorrido no final do jogo.
Folha- Ainda dá para a Portuguesa se classificar?
Zinho - Acho que, se fizermos os mesmos 17 pontos que obtivemos até agora, nos classificamos.
Folha - A expulsão de Rodrigo foi determinante?
Zinho - Sem dúvida. A nossa equipe tem sido prejudicada. Por qualquer coisa nós recebemos cartões. O Rivarola soube enfeitar e valorizou a falta. Os árbitros não estão suportando a pressão nos jogos que nós temos fora de casa. A Portuguesa é o time mais prejudicado neste campeonato.



Jogo: A primeira edição da final foi um jogo típico de duas equipes que primaram pelo futebol competitivo neste Brasileirão. O Grêmio anulou o ataque à Portuguesa, mas não superou a marcação dos paulistas. A torcida, irritada, já abandonava o Olímpico quando Rivarola, aos 46 minutos, marcou o gol da vitória.

O JOGO: A Portuguesa utilizou um eficiente sistema de marcação e resistiu ao Grêmio até o último minuto. Houve poucos ataques durante a partida. Dentro do que se propôs, a Portuguesa foi melhor. Os gaúchos fizeram sua pior partida no campeonato.


Grêmio 1 x 0 Portuguesa

GRÊMIO: Danrlei; Arce (Marco Antônio), Rivarola, Adílson (Rogério), Mauro Galvão e Roger; Dinho, Goiano e Aílton; Paulo Nunes e Saulo
Técnico: Luiz Felipe Scolari

PORTUGUESA: Clemer; Carlos Roberto, Marcelo, Émerson e Zé Roberto; Capitão, Gallo, Caio e Zinho; Rodrigo Fabri e Nélson Bertolazzi (Alex Alves)
Técnico: Candinho

12ª Rodada - Primeira Fase
Data: 29 de setembro
Árbitro: Carlos Jaques Magno (PR)
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre
Público: 11.364
Renda: R$ 102.761,00
Cartões Amarelos: Marco Antônio, Mauro Galvão, Adílson e Aílton (G); Zé Roberto, Carlos Roberto, Nélson Bertolazzi, Caio e Zinho (P)
Gol: Rivarola (G), 46 minutos (2° tempo)

Nenhum comentário: